3 de jan de 2012

Entrevista com Léo Valença

Hoje a entrevista é com o Léo Valença,um cartunista super ecolígico,e criador daquele personagem que divulguei a pouco tempo,o "Lucas" .Não deixem de conferir o trabalho dele!


 Léo Valença
Você acha a questão ambiental importante?Por quê?

Sim. Falar de ecologia em pleno século XX, principalmente a partir dos anos 50, era coisa de "ecochato" , de cientistas ou de minúsculos setores governamentais. Contudo, desde os protestos contra a caça às baleias nos anos 70, e a defesa mundial a favor de Chico Mendes na Amazônia nos anos 80, a ecologia fortaleceu seus passos a partir da ECO-92 e, perante os recentes relatos climáticos, várias questões climáticas alcançam destaque na mídia. Inspirado nesse assunto organizei a obra Aquecimento Global em cartuns com a participação de diversos cartunistas que expõem o tema com humor e consciência.


O que acha que deve ser feito em relação a isso?
Hoje se fala muito em ecologia e sustentabilidade. Mesmo com essa consciência a perambular pela sociedade, a triste realidade é que ainda são muito poucos os que fazem o mínimo necessário pelo meio ambiente.
O papel do setor empresarial e industrial deverá ser o de buscar novos modelos de desenvolvimento e criatividade, mudando atitudes e valores, através de processos que têm como princípio a sustentabilidade ambiental. Este novo cenário deve estar voltado para a busca do reaproveitamento de toda matéria prima ou resíduo utilizado,  através de novos processos tecnológicos. Em um futuro próximo, uma empresa ética poderá ser aquela que obtiver os melhores processos de sustentabilidade em seus produtos, pois serão concebidos pensando na preservação do meio ambiente. O produto descartado que puder ser reciclado e reutilizado em um processo produtivo será o grande diferencial. As empresas e indústrias que se comprometerem nesta nova era da ecoeficiência sustentável certamente serão compensadas por suas atitudes éticas para com o meio ambiente e as gerações futuras. E isso nós, como consumidores, devemos exigir. Aprender a consumir de maneira responsável será imprescindível nas próximas décadas. Cabe ao governo também fazer sua parte, através de programas de responsabilidade socioambiental, investindo para um comprometimento com o conceito de sustentabilidade, que é muito falado, porém muito pouco praticado.

Na sua opinião,em vista dos problemas ambientais que há no planeta,ainda existe uma solução?

Sim. Para que os danos ambientais não atinjam maiores proporções, ou seja, danos irreversíveis, serão indispensáveis neste século que todos os povos se unam. A educação ambiental será absolutamente necessária para conscientizar a sociedade e, com isso, obter a participação mais ativa da mesma. A adoção de uma política ambiental mais eficiente com leis mais rigorosas, monitoramento ambiental adequado e permanente, fiscalização, maiores investimentos em pesquisas de solução ecologicamente sustentável para os problemas ambientais e incentivos fiscais a empresas, será a única alternativa viável para conter os danos ao meio ambiente.

Qual a sua contribuição para ajudar o meio ambiente?

O cartum como ferramenta de problematização de questões ambientais pode atuar como importante meio de conscientização social acerca dessa temática, principalmente no contexto atual, no qual o planeta carece de novos modelos de gestão dos seus recursos naturais. A agilidade com que a arte ilustrativa transmite conteúdos informativos a um dado observador é encarada como sendo muitas vezes superior àquela das informações verbais veiculadas em forma de texto. A velha máxima " uma imagem vale mais que do que mil palavras", por desgastada que esteja, com frequência circula no discurso midiático quando se objetiva atestar a soberania da imagem em detrimento do texto.


Qual seu recado sobre o assunto,para a galera?

A Terra é a nossa casa. Satisfazer as próprias necessidades sem reduzir as oportunidadesdas próximas gerações é prover o melhor para as pessoas e para o ambiente, tanto agora como no futuro. Devemos retribuir o carinho com que a Mãe Terra nos acolhe e ajudar neste processo de preservação do meio-ambiente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nada de palavrões,insultos e qualquer outra coisa que você não falaria para sua mãe.