13 de dez de 2012

Poluição causa hipotireoidismo


Partículas químicas podem prejudicar o bom funcionamento da tireoide




Observando sintomas de moradores do Grande ABC, região paulista famosa pela concentração de indústrias, Maria Ângela Zaccarelli Marino, professora de Endocrinologia da Faculdade de Medicina do ABC, comprovou que a poluição deflagra um novo tipo de doença, a tireoidite química autoimune. "O contato com os poluentes é o gatilho para a produção de anticorpos que atacam a tireoide", explica Maria Ângela. 

Daí, a glândula passa a trabalhar em ritmo bem lento. É uma versão da síndrome de Hashimoto, problema mais comum em mulheres. Mas, como a tireoidite química é induzida por fatores ambientais, inclui também homens e crianças entre suas vítimas. A situação dos pequenos é mais grave, já que o hipotireoidismo afeta hormônios fundamentais para o aprendizado e o crescimento. 

PROBLEMA NO AR
Crescimento de áreas industriais aumenta problemas tireoidianos
 

1. Ameaça inalada Agentes químicos da poluição atmosférica são os maiores responsáveis pela produção dos anticorpos que atacam a tireoide. Casos assim cresceram no Grande ABC após a expansão industrial, na década de 1990. 

2. Reposição ajuda a viver bem 
A tireoidite não tem cura, mas pode ser controlada. No caso, é preciso apelar para hormônios sintéticos. O grande risco é abrir portas para outras doenças autoimunes, como artrite reumatoide, lúpus, vitiligo e diabete tipo 1.



Talita Eredia
Saúde - 11/2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nada de palavrões,insultos e qualquer outra coisa que você não falaria para sua mãe.