29 de nov de 2010

Exposição Água na Oca revela importância do recurso

No dia 26 de novembro, estreia no Parque do Ibirapuera, em SP, a exposição Água na Oca, que utiliza uma série de recursos audiovisuais para mostrar ao público a importância da água para o planeta e, sobretudo, para o Brasil


Doce ou salgada, abundante ou escassa, pura ou poluída, líquida ou impenetrável, a água cobre cerca de 70% do planeta e é fundamental para a garantia da vida do ser humano e de todos os outros organismos vivos. Mostrar a importância desse recurso é o grande objetivo da mostra Água na Oca, que estará aberta ao público, no Parque do Ibirapuera, em São Paulo, a partir do dia 26 de novembro.

A exposição contará com uma porção de recursos audiovisuais, como obras de arte, fotografias, aquários, projeções e, até mesmo, instalações interativas, que ficarão espalhadas pelos três andares da Mostra, com a intenção de mostrar aos visitantes como a água está constantemente presente na vida de todos os seres vivos.

No subsolo da Oca, ficará a parte da exposição denominada “Desaguar”, que é dedicada às obras de arte relacionadas ao assunto “água”. Neste piso ainda serão exibidos vídeos internacionais que abordam o tema, enquanto o primeiro piso da mostra, que recebe o nome de “Mundo d’Água”, retrata os diferentes tipos de relação entre os seres vivos e a água. Entre as atrações desse andar estão uma faixa de aquários, que mostra mais de 60 tipos de peixes que vivem em sete ecossistemas diferentes, e as imagens em computação gráfica, que serão exibidas nas janelas do local, para retratar as espécies aquáticas que vivem na zona abissal, ou seja, no fundo do oceano.

A intenção é preparar o visitante para o segundo e último andar da mostra, chamado de “A Última Fronteira”, que proporcionará aos visitantes um tour, em vídeo, pelo oceano, mostrando desde os conhecidos recifes de coral até as partes mais obscuras dos nossos mares. A exposição contará, ainda, com instalações interativas, como a sala que simula o ambiente de uma casa, durante uma tempestade, que corre risco de enchentes. A ideia é alertar a população para os problemas causados pelo desrespeito à água e, ainda, sugerir ações para o uso responsável do recurso.

A exposição Água na Oca, que tem curadoria de Marcello Dantas e está sendo realizada pelo Instituto Sangari, ficará aberta ao público até o dia 8 de maio de 2011. No último domingo de cada mês, a entrada é gratuita para todos os visitantes.

Exposição Água na Oca
Data: 26 de novembro a 8 de maio de 2011
Local: Parque do Ibirapuera - Pavilhão Lucas Nogueira Garcez (Oca)
Endereço: Av. Pedro Álvares Cabral, Portão 3, Vila Mariana – São Paulo/SP
Valor do ingresso: R$ 20



Mônica Nunes/Débora Spitzcovsky
Planeta Sustentável - 23/11/2010

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nada de palavrões,insultos e qualquer outra coisa que você não falaria para sua mãe.