18 de dez de 2010

Aves da Mata Atlântica paulista são catalogadas em guia




Criado para birdwatchers e demais apaixonados por pássaros, o “Guia de Aves da Mata Atlântica Paulista”, da WWF-Brasil e Fundação Florestal, lista as características físicas e de comportamento de 48 espécies da região


Você sabia que o Tangará é um excelente dançarino e usa suas habilidades para conquistar as fêmeas? Ou já ouviu falar que o beija-flor-de-fronte-violenta deixa, apenas, as fêmeas se aproximarem de plantas floridas para tomar néctar? O universo dos pássaros é fascinante e, para tentar desvendar parte desse mundo, a WWF-Brasil e a Fundação Florestal do Estado de São Paulo estão lançando o “Guia de Aves da Mata Atlântica Paulista”.




A publicação traz informações, em inglês e português, sobre 48 espécies diferentes de pássaros que vivem no bioma. Entre os dados divulgados, de forma simples, no livro estão nome científico, nome comum, fotografia, características físicas e, ainda, curiosidades de comportamento.



A publicação conta também com um mapa das serras do Mar e de Paranapiacaba, que mostra as Unidades de Conservação da região e os locais onde cada ave do Guia pode ser encontrada.



Em formato espiral, o livro foi criado para apaixonados por pássaros e, também, profissionais de birdwathing, que podem usar o guia durante suas expedições para fazer anotações e, ainda, se informar a respeito das espécies que encontrarem.



Os interessados podem comprar a publicação, por R$ 10, nos parques administrados pela Fundação Florestal. A versão digital do Guia está disponível, gratuitamente, para download no site da WWF.






Mônica Nunes/Débora Spitzcovsky



Planeta Sustentável - 13/12/2010

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nada de palavrões,insultos e qualquer outra coisa que você não falaria para sua mãe.