13 de dez de 2010

Nasce mico-leão-preto em SP

 Parque Ecológico de São Carlos, no interior de São Paulo, comemora o nascimento de um dos primatas mais ameaçados de extinção no mundo: o mico-leão-preto






Depois que a fêmea Kinha e o macho Calixto, do Zoológico de São Paulo, tiveram gêmeos, um outro casal de micos-leões-pretos (Leontopithecus crysopygus), que vive no Parque Ecológico de São Carlos, resolveu ajudar a aumentar a população de animais dessa espécie.




O casal deu à luz a um filhotinho de mico-leão-preto, que não desgruda dos pais, como se soubesse que já nasceu sendo a espécie de primata mais ameaçada de extinção no Brasil. No mundo, não é diferente: segundo a IUCN – União Internacional para Conservação da Natureza, o animal é um dos 25 primatas que mais correm risco de desaparecer para sempre.



Isso acontece porque o bichinho é muito caçado pelo homem, que, como se não bastasse, ainda destrói cada vez mais o habitat natural do mico-leão-preto. No Brasil, por exemplo, esse macaco vive, apenas, na Mata Atlântica e, infelizmente, mais de 90% do tamanho original desse bioma já foi destruído pelo homem. Ou seja, sobra cada vez menos espaço para o mico-leão-preto viver.



Para ajudar a mudar essa situação, mais para frente, quando a espécie de micos-leões-pretos estiver maior e a destruição da Mata Atlântica estiver controlada, o Parque Ecológico de São Carlos pretende soltar esses bichos na natureza. Assim, eles podem começar a formar suas famílias na mata, novamente.



Conheça, também, os ursos-de-óculos que nasceram no Parque Ecológico de São Carlos.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Planeta Sustentável02/12/2010



Mônica Nunes/Débora Spitzcovsky

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nada de palavrões,insultos e qualquer outra coisa que você não falaria para sua mãe.