5 de dez de 2010

SP investirá R$ 6 milhões no Parque Tecnológico de Sorocaba

Agência FAPESP - 03/12/2010




O governador de São Paulo, Alberto Goldman, firmou na quarta-feira (1º/12) um convênio com a prefeitura de Sorocaba para liberação de recursos que serão investidos na construção das primeiras instalações do Parque Tecnológico da cidade.




O acordo prevê a liberação de R$ 6 milhões do governo estadual para a construção de um edifício que abrigará uma incubadora de empresas de base tecnológica e o núcleo administrativo. Também participaram da cerimônia o secretário de Desenvolvimento, Luciano Almeida, e o prefeito da cidade, Vitor Lippi.



O Parque Tecnológico de Sorocaba será implantado em uma área de aproximadamente 814 mil m², na avenida Itavuvu, s/nº, próximo à rodovia Castelo Branco (SP-280), dentro de uma nova zona industrial com mais de 20 milhões de m².



O futuro empreendimento será voltado à pesquisa e desenvolvimento de produtos e processos inovadores nas áreas de eletro-metal-mecânica, automotiva, energias alternativas, tecnologia da informação e comunicação (TIC) e farmácia.



“Nós temos hoje 19 parques credenciados, alguns mais desenvolvidos e outros no início do desenvolvimento. Esse vai ser desenvolvido muito rapidamente porque tem todas as condições, como tecnologia, universidades, ensino técnico, muitas empresas de alta tecnologia e grandes empresas se instalando que vão precisar de apoio”, disse Goldman.



Os recursos do Estado serão investidos na construção de um prédio com 6.656 mil m². O edifício terá dois pavimentos, com estrutura modular, e abrigará o núcleo administrativo do parque e uma incubadora de empresas de base tecnológica. O local contará com todo o suporte necessário para a instalação de micro e pequenas empresas inovadoras.



Além do edifício da incubadora e do núcleo administrativo, o projeto prevê ainda a construção de laboratórios de pesquisa e desenvolvimento, espaços para animação e convivência, ambientes para eventos e centro de inteligência do empreendimento. A prefeitura de Sorocaba também pretende investir em obras suplementares, somando 11 mil m² de área construída.



A Toyota, empresa âncora do empreendimento, iniciou em 2010 a construção de sua terceira fábrica no país, em uma área de 400 mil m², localizada ao lado do parque tecnológico, o que deve impulsionar pesquisas de ponta no setor automotivo.



A montadora japonesa tem a expectativa inicial de produzir, a partir de 2012, cerca de 70 mil automóveis por ano. Os investimentos previstos somam US$ 600 milhões, que deverão gerar cerca de 1,5 mil empregos diretos e 5 mil indiretos.
 
 
Fonte:Planeta Sustentável

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nada de palavrões,insultos e qualquer outra coisa que você não falaria para sua mãe.