23 de fev de 2011

Vancouver é a melhor cidade do mundo para se viver

Débora Spitzcovsky - 23/02/2011 - Planeta Sustentável




O Ranking Global de Condições de Habitação (ou Global Liveability Ranking, em inglês), produzido anualmente pela empresa de pesquisas EIU – Economist Intelligence Unit, acaba de divulgar a lista das melhores cidades do mundo para se viver em 2011 e o município canadense de Vancouver aparece, pela quinta vez, em primeiro lugar no ranking.

Em uma escala de 1 a 100 – em que 1 caracteriza “condições de habitação intoleráveis” e 100 significa “condições ideais para habitação” –, Vancouver apareceu no nível 98 e conquistou o título de “melhor cidade do mundo para se viver”.

Para chegar a esse resultado, a EIU avaliou, em cada município, 30 indicadores, relacionados ao conforto dos moradores, que abrangem cinco macrocategorias: meio ambiente, educação, saúde, infraestrutura e estabilidade financeira.

No total, 140 cidades de todos os cantos do mundo foram avaliadas pela EIU. O município de Melbourne, na Austrália, ficou em segundo lugar no ranking, enquanto a cidade de Harare, em Zimbábue, conquistou a pior colocação da lista, com apenas 37,5 pontos. Segundo os avaliadores, a cidade se saiu mal no teste porque pontuou muito pouco nas categorias saúde e estabilidade financeira.

O Ranking Global de Condições de Habitação pode ser baixado, na íntegra e em inglês, por US$ 500 no portal da EIU. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nada de palavrões,insultos e qualquer outra coisa que você não falaria para sua mãe.