12 de nov de 2011

Fóssil de bicho-preguiça gigante é descoberto no Brasil

Os restos de um bicho-preguiça gigante pré-histórico, que teria aproximadamente seis metros de altura, foram encontrados na região do Triângulo Mineiro. O exemplar, pertencente à espécie "Eremotherium laurillardi", viveu no período Holoceno, há 10 mil. A descoberta deste gigante do passado tem uma história curiosa. Seus ossos foram encontrados pelo fazendeiro José Bezerra, em 2005, que os guardou em sua coleção pessoal.



A fama dos ossos foi crescendo, assim como o rumor de uma possível descoberta, chegando aos ouvidos dos cientistas do Museu dos Dinossauros, na cidade de Uberaba (MG). Apenas em 2009, depois de uma avaliação, os pesquisadores concluíram que o animal era um adulto, com cerca de seis metros de altura, que podia se sustentar com as pernas traseiras e, com suas enormes garras, pegar alimentos no topo das árvores. De acordo com o diretor do museu Carlos Borges, "é uma descoberta surpreendente e de grande valor para a ciência, já que é um mamífero pré-histórico e abre novas e amplas possibilidades de estudo."



Fontes

Correio Braziliense

Museu do Dinossauro