8 de fev de 2012

Homem aciona polícia em MS para salvar cão imobilizado por sucuri


Cachorro foi imobilizado, mas cobra o soltou, sem ferimentos.
Segundo a polícia ambiental, orientação é se afastar e aguardar socorro.

Do G1 MS

Cachorro foi imobilizado por cobra, mas conseguiu se soltar sem ferimentos (Foto: Suzana Vanessa/Idest)


















Réptil se machucou ao pegar cachorro
(Foto: Suzana Vanessa/Idest)
Uma sucuri de aproximadamente 4 metros de comprimento foi capturada pela Polícia Militar Ambiental (PMA) nesta terça-feira (7) às margens do córrego Capão Redondo, em São Gabriel do Oeste, a 133 km de Campo Grande. A polícia suspeita que a cobra se assustou com a aproximação do homem e atacou seu cão, imobilizando o animal.
Os militares ambientais foram acionados pelo dono do cachorro. Quando eles chegaram ao local, encontraram um grupo de pessoas observando o ataque. A população foi afastada e o réptil soltou o cão, que não teve ferimentos.


O cabo da polícia ambiental Odair José dos Santos acredita que a sucuri tenha se estressado com a presença humana. Ele disse ao G1 que é comum fazer a captura desse tipo de cobra próximo aos rios e córregos de São Gabriel do Oeste, quando as serpentes se aproximam das margens para caçar.
De acordo com a PMA, a cobra foi solta no rio Coxim, a aproximadamente 20 km do local do ataque.
A orientação da polícia ambiental é para que as pessoas se afastem ao presenciarem situações como essa e chamem os militares para fazer a captura da serpente.


Animal pode ter ficado estressado com proximidade das pessoas, diz polícia (Foto: Suzana Vanessa/Idest)

Um comentário:

Nada de palavrões,insultos e qualquer outra coisa que você não falaria para sua mãe.